Follow me:

3 Técnicas básicas para usar na aquarela

Essas três técnicas básicas para aquarela servem muito para fazer uma pintura completa, com elas você consegue controlar melhor a aquarela e saber onde usar cada uma delas, facilitando sua pintura e sem correr riscos de estragar sua arte. É importante saber medir a quantidade de água e tinta.

Fiz uma pesquisa de público aqui no blog super importante para conhecer um pouco mais sobre você. Já participou?

 

1 Técnica úmida

Cada técnica pode ser usada livremente e com muita criatividade, a aquarela é gostosa de trabalhar, tudo vai depender do que você quer fazer com ela. A quantidade de água serve pra diluir bem a tinta, fazendo ela se espalhar no papel e misturar facilmente com outras cores.

Na ilustração abaixo usei a técnica úmida para fazer o fundo do desenho.

2 Técnica seca

Nada mais é do que muita tinta e pouca água. É preciso usar água para diluir a tinta, porém se diminuir a quantidade de água ela fica mais encorpada e a cor mais viva, o que também torna mais difícil espalhar a tinta pelo papel, além de secar mais depressa.

Na ilustração abaixo está um exemplo da técnica seca que usei para fazer o cabelo e as suculentas da pintura.

3 Mista

É a junção das duas técnicas anteriores. Você começa com o seco, vai adicionando água e puxando a cor, quanto mais água mais clarinho fica, se jogar mais tinta ficará mais escuro. Óbvio.

Como dito anteriormente, não é uma regra de onde deve usar cada técnica, mas elas ajudam a saber o que fazer com a aquarela. Lembro-me quando iniciei e tinha muitas dificuldades pois colava muita tinta, as vezes colocava muita água, deixava escorrer e manchava tudo. Era um desastre.

Espero que essas dicas básicas de aquarela possam dar uma ajuda nas suas pinturas. Me diz aí o que achou delas e me mostra suas artes no instagram? Só me marcar no @izcordeiro_

Previous Post Next Post

You may also like

No Comments

Leave a Reply